Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Disco Plano

29
Jan18

Spotify's Last Week

O Capitão Fantástico

SLW 22 to 28 j.png

 

Espero que a vossa semana que passou tenha corrido bem, a minha mais perto do fim tornou-se tumultuosa, o que levou com que não houvesse muitas publicações por aqui, mas felizmente terminou como todas as outras semanas, com um domingo descansado. 

 

Nesta semana que passou voltei a ouvir mais Miguel Araújo que qualquer outro artista, voltei a ouvir a banda que ocupa o 1º lugar de sempre no meu last.fm, os Arctic Monkeys, que como devem saber, vêm cá a Portugal para o NOS Alive 2018, no 3º lugar encontra-se Linda Martini e tudo culpa do single "Boca de Sal", mas não só, esta banda está a agarrar o ano novo pelo colarinho e promete dar luta. Márcia fica com o 4º lugar, o que demonstra que procurei calmaria para o final da semana que passou e que só terminou quando ouvi Capitão Fausto no final da tarde de ontem. 

 

Por hoje é tudo meus amigos, mas amanhã há mais e no dia após também.  

03
Jan18

Disco que é pleno! #7

O Capitão Fantástico

18118559_1417655874924624_4125525847904300248_n.jp

 

Boas pessoal! O novo ano chegou e eu já venho trazer-vos coisas boas, este ano prometo estar mais em cima do acontecimento, até porque o Disco Plano já conta com 8 rubricas e não tenho conseguido criar conteúdo para todas elas, mas irei tentar fazer com que 2018 seja ainda melhor que 2017, ano em que só em 2 meses e meio consegui 494 visitas e 1.097 visualizações, obrigado a todos! 

 

Leram bem o título? É isso mesmo, venho com mais um disco que é pleno e este tal como todos os outros, é igualmente pleno! Do que falo? Daquele disco que tem seu ponto alto em canções como "1987", "Axl Rose" ou ainda "Sangemil" e este disco não precisa de introduções, é o último lançamento do Miguel AJ, ex-azeitonete, que hoje em dia vai tocando em quase todos os palcos nacionais, esgota uns, esgota outros e promete tocar em todos os corações possíveis até não dar mais. 

 

"Giesta" é o nome deste disco e fala sobre a humilde terra natal do seu autor, foi inspirado por toda uma panóplia de memórias que este mesmo autor tem em si e na minha opinião, vale a pena escutar, eu já vi o Miguel Araújo ao vivo três vezes, com os Azeitonas e com o António Zambujo em 2016, sozinho no ano que passou, aliás, eu já viajei até ao Porto para ver este talento no ano de 2016. 

 

Acho que é tudo, pessoal, vejam e oiçam o vídeo abaixo, uma amiga minha teve a oportunidade de ver e ouvir a "1987" pela sua primeira vez ao vivo, enviou-me e foi a partir daí que pensei falar sobre este disco como o 7º disco pleno. 

08/10

 

08
Dez17

Como foi 2017?

O Capitão Fantástico

Sei bem que o ano ainda não acabou, mas decidi ver o meu ano de 2017 em música, isto porque também acredito que daqui até ao final do ano não vá mudar muito, na altura natalícia começo a ouvir mais músicas da época e até deixo muito de ouvir música porque passo mais tempo com a família, portanto, vou já deixar aqui à mercê do olhar alheio, o meu ano de 2017 em música! 

 

Só para terem uma ideia, as 5 músicas que mais ouvi neste ano de diferentes artistas foram: "Morro na Praia" dos Capitão Fausto, "1987 (feat. Catarina Salinas) do Miguel Araújo, "Se Me Deixasses Ser" do Tiago Bettencourt, "Slide" do Calvin Harris e "Get Away" dos Circa Waves.

 

E dizem-me ainda que devia ter ouvido estas 5 músicas que bombaram em 2017 e que não ouvi: "Magic" de Mr. Jukes, J-Boy dos Phoenix, "Losing All Sense" dos Grizzly Bear, "She Tastes Like Summer" dos Spilt Milk Society e ainda "Cracks Between" dos Ten Tonnes, o que vale é que ainda vou a tempo. 

 

O resto do ano deixo que seja demonstrado por imagens, dizem que o seu valor é superior a mil palavras:

 

5b73557673219536724f001c7a167aa6.png

Foi um bom ano, tendo em conta o que está escrito acima, no entanto o álbum que mais ouvi não é o que está na imagem, mas sim o "Capitão Fausto Têm os Dias Contados". 

 

713c52ddb8942c4552e17f85ff4696f1.png

 O meu top 5 de artistas é bastante diversificado, mas nas canções acuso-me de admirar muito os Capitão Fausto, talvez demais até, mas são bons. Nos géneros, quase tudo Rock, mas não é tudo e explorei 46 géneros musicais, logo naõ está nada, nada mal!

 

a7c7e0de840d5620ca2cc76a994bebe3.png

A idade não significa nada e eu sou um velho no que toca a música! Que bom!

 

d6931dbb986b9d3f6bfa61bef75fb185.png

Para ser sincero, só "pulo" músicas quando o álbum de algum artista vai tocar pela 2ª vez seguida ou quando estou a tocar bateria e por algum motivo não me apetece tocar alguma música na playlist que fiz. Não deixa de ser um número interessante, acho que não "pulo" muitas.  

 

O ano de 2017 tem sido um ano bom para mim, pelo menos não me tem tratado mal a nível pessoal, a nível musical foi muito bom, mais para o fim do ano eu trago-vos uma lista mais interessante que será as minhas escolhas do ano de 2017. 

Próximos espetáculos que vamos ver:

Sem datas até ao momento...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D